espreitas - Associação Pensamentos ao Vento

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Um dos maiores problemas de quem pratica naturismo será, talvez, aqueles que de forma mais ou menos dissimulada os observam. Os comummente denominados voyeurs ou mirones.

Todos nós somos curiosos por natureza e tendemos a observar aquilo que nos é estranho. Se alguém passa e sente curiosidade ao ver um grupo de pessoas nuas, é normal que observe, seja ele próprio naturista ou não. Olhamos e observamos por curiosidade. Grave é quando essa observação se torna doentia e o indivíduo se sente obcecado em olhar demorada e fixamente o corpo de outros e daí obtém prazer.

Ora, voyeur é um termo que nos chega do francês para denominar aquele que assiste, para sua satisfação, às manifestações de sexualidade de outrem. Sendo que naturismo não é uma manifestação de sexualidade, voyeur é um termo que não deve ser aplicado.

Mirone vem do espanhol e designa aquele que, sem jogar, observa o andamento de um jogo, um mirão. Mais uma vez, naturismo não é um jogo e, como tal, mirone também não será o termo mais correto para aplicar.

Talvez o termo mais adequado seja espreita, aquele que está à espreita, de atalaia, que efetua pesquisa, espionagem; que usa ardil, embuste; que observa sem querer ser visto; que vigia, perscruta, olha demorada e fixamente.

Artigo de opinião por José Luís Vieira
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal