ler e tirar a roupa - Associação Pensamentos ao Vento

Ir para o conteúdo

Menu principal:

Bliss Entourage tem uma paixão por viagens. Sempre tivemos o bichinho das viagens e a sorte de andar à aventura ao redor do mundo e de experienciar tantos lugares maravilhosos neste planeta. Acredito que viajar pode nos abrir os olhos para novas perspetivas e ampliar os nossos horizontes. No entanto, também pode ser utilizado como um escape. Como em tudo na vida, resume-se à intenção que temos por trás da nossa jornada. Eu costumava viajar em busca de realização, da aventura de algo novo, uma forma de fugir da rotina mecânica da vida quotidiana. Quando percebi que estava a fazer isso, tal despertou-me e comecei a descobrir que era possível no meu dia-a-dia obter a mesma satisfação das viagens. Na verdade, o vazio que estava experienciar, não tinha
nada a ver com onde ou com o que eu estava a fazer e tudo a ver com como e com quem eu estava a ser. Através da minha jornada estou a aprender e a treinar a estar presente e a desfrutar da riqueza que está sempre lá, apenas à espera que repare nela. Ao remover a pressão que acompanha a procura de satisfação, expandiu-se a minha experiência em viajar e na vida quotidiana. Permite abrir-me para o fluxo furtuito de descoberta que está sempre disponível. Era-me impossível prever a descoberta que tenho experienciado desde essa mudança. Na minha mais recente aventura, visitei uma pequena joia mágica no norte da Califórnia, o Instituto Esalen. Um centro de exploração e realização do potencial humano através da experiência, educação e pesquisa. A sua missão é trabalhar para a realização de um mundo mais humano e abrangente. Esalen existe para servir o mundo, não como uma fuga dele. Aninhado entre as montanhas e o oceano numa faixa de terra onde se pode sentir simultaneamente a ligação à terra sagrada e à floresta enquanto ouve os sons das ondas no oceano. Há uma nascente de água naturalmente quente que incentiva a valorização do corpo humano ao oferecer um espaço onde a roupa é opcional. Foi aqui que eu tive um momento de despertar da compreensão.

Quase exatamente um ano antes, quando em retiro com Lululemon em Whistler, Canadá, participei num workshop de autodescoberta. Foi aí que eu reconheci os padrões de transtorno alimentar e imagem corporal negativa em que eu tinha sido enleada há mais de 10 anos. Foi um momento fulcral que provocou uma mudança na minha consciência e me catapultou para um caminho de cura. Compartilhei a minha compreensão através de escrita e conversação, afirmações avançadas e técnicas de meditação para honrar o meu corpo, e praticava admitindo quando me batia e escolhia conscientemente para parar.

Agora, um ano mais tarde, foi-me dada uma oportunidade para deitar para baixo qualquer parede restante e entrar totalmente nessa nova forma de ser: vulnerável, aberta, pura, autêntica e de aceitação de quem eu sou de dentro para fora. Quando me banhei totalmente nua com homens e mulheres de todas as idades, senti um nível de liberdade que nunca tinha experimentado antes, nunca. A aceitação e valorização do corpo humano que existem em Esalen permitiram experimentar-me de uma forma totalmente nova. Quando removemos as roupas, de certa forma, é como perder as identidades que podem criar barreiras entre nós. Une-nos na nossa humanidade pura.
Se tiver a oportunidade de visitar este tesouro sagrado, encorajo-vos a ir em frente e a despir-se definitivamente!

Amor e luz para vocês, lindas crianças bem-aventuradas

Por Alli & BE
blissentourage | May 23, 2015 | Mindful Awareness & Meditation, Travel & Adventure

Traduzido e adaptado por José Luís Vieira a partir de:
http://www.blissentourage.com/2015/05/23/how-being-naked-healed-a-layer-of-my-soul/
em  31/01/2016
Voltar para o conteúdo | Voltar para o Menu principal